Pular para o conteúdo

Posts da categoria ‘feltro’

Felicidades, amor e poesia

A decoração para o aniversário de 3 anos do filho caçula pedia simplicidade e encantamento. Os minúsculos tomates, cenourinhas, nabos e rabanetes foram irresistíveis para o tema de horta, além de saborosos. Para acompanhar, Gaspar e Lisa, personagens de um livrinho apreciado pelo pequeno, recortados no feltro e articulados con arame. Singelo e charmoso.

E para a alma que inspirou as delicadezas, um recado:

Te amo, filho querido,

Por todas as risadas e aprendizados.

Por todos os sabores, afagos e afetos, por tantas vezes em que eu não soube a resposta e só pude confiar, por outras tantas em que foi possível intuir.

Amado menino de risonhas bochechas, hoje celebramos sua vida! Parabéns! Beijos e beijocas!

Ps: te amo, mamãe

Anúncios

Felicidades, amor e poesia

A decoração para o aniversário de 3 anos do filho caçula pedia simplicidade e encantamento. Os minúsculos tomates, cenourinhas, nabos e rabanetes foram irresistíveis para o tema de horta, além de saborosos. Para acompanhar, Gaspar e Lisa, personagens de um livrinho apreciado pelo pequeno, recortados no feltro e articulados con arame. Singelo e charmoso.

E para a alma que inspirou as delicadezas, um recado:

Te amo, filho querido,

Por todas as risadas e aprendizados.

Por todos os sabores, afagos e afetos, por tantas vezes em que eu não soube a resposta e só pude confiar, por outras tantas em que foi possível intuir.

Amado menino de risonhas bochechas, hoje celebramos sua vida! Parabéns! Beijos e beijocas!

Ps: te amo, mamãe

Costurando letrinhas

Sete anos e o menino
Adentra na aventura
De desvendar letras e números,
Palavras e estórias.
Aprofunda-se em novo saber e aprender.

image

image

image

Brincadeiras de letra passeiam em seu repertório, cada vez mais vasto, amplo.
Perfurando o papel com a agulha apoiada sobre a almofada os desenhos das palavras são marcados para receber a costura. O menino acompanha e aprende rápido. Suas mãos de sete anos já estão treinadas em diversas habilidades.
image

image

* papel cartão perfurado com agulha fazendo a marcação da costura, e do outro lado, feltro colado com cola de silicone. Mostrei e o filhote já seguiu sozinho para perfurar o próprio nome…

bazar de natal II – guirlanda

fotof7

.

Durante um virtual passeio me deparei com uma delicada pombinha rodeada de folhagens e pedrarias.

Ela estava tão calma e festiva que resolvi por bem reunir-me com feltros e linhas e aceitar a colorida empreitada…

.

fotof4 fotof6 fotof1

fotof16

fotof10

tutorial ensinando a fazer a guirlanda:

http://blog.betzwhite.com/2013/09/felt-peace-wreath-tutorial.html

* para quem não se animar a fazer o molde do passarinho a partir de desenho a mão livre, no site da Betz White também pode ser comprado o pdf com o passo a passo. Há vários outros moldes disponiveis em pdf.

fotog

pomba

fotou

prendas juninas – saquinhos com sementes

DSC06952

Para alegrar a festa junina

uma prenda diferente:

saquinhos de feltro floridos

pra guardar algumas  sementes.

Junto, um vasinho de argila,

para as sementinhas plantar.

E assim na primavera

o girassol, curioso,

a vida “cá fora” estará a espiar.

DSC06955

DSC06953

DSC06956 DSC06958 DSC06957

DSC06959

DSC06960

contagem natalina

estrela

.

Olhando o calendário de advento, o filho (agora com 4 anos) pergunta ao pai:

– Conta pra mim as estrelas, a mãe, o pai, o anjo, o menino?

– Há muito, muito tempo atrás havia uma mulher…

– Não. Conta pra mim.

– Há muito, muito tempo atrás…

– Não. Conta pra mim, papai. Conta.

Depois de alguns segundos (e uma ajudinha de interpretação por parte da mãe) o pai finalmente satisfaz o desejo do filho:

– Uma estrela, duas estrelas, três estrelas, quatro estrelas… doze estrelas… vinte e uma estrelas… vinte e quatro estrelas, uma mãe, um pai, um anjo e um menino!

.

DSC05379 DSC05380 DSC05383

decoração de festa – feltro e papel

.

Uma vez prontas as flores

e também o coração

preparo o centro de mesa

de uma festiva decoração.

Os quadrados de feltro e de tule verde

ganham um punhado de pedrinhas

para plantar as cores,

sustentando bravamente

todos os bichos e flores.

.

.

Para amarrar não há segredo,

um nó ou um laço, e está feito.

Um pingo de cola quente na mão do bichinho eleito,

e cada flore recebe seu pretendente.

.