Pular para o conteúdo

Posts da categoria ‘craft’

Descanso sob a paineira

Câmeras retrô para aula de desenho de observação 

Uma caixa de papelão e simples recortes. Um pouco de cola quente, papéis diversos de embalagens, tampinhas plasticas. Eis as câmeras para nossa aula de desenho de observação.  Pequenos exploradores investigando possibilidades de construção de imagem desbravando a escola… 

Reaproveitando a vela do filtro de barro

Sabedoria corriqueira de nossa terra com sabor de riacho aonde canta a brisa embalada no som de sorriso de criança nadando satisfeita.

O consagrado filtro de barro, comprovadamente eficiente, deixa a água bem fresquinha.  

No interior do filtro,  além da água, a vela. Ora, pois. Algumas ainda possuem a vantagem extra de ter em seu interior carvão ativado. Mas, e depois?

Um vasilha simples para uma planta suculenta ou um suporte para flores imerso na água de um arranjo. Simples, prático e simpático.  

Luminária na cabaça

Brincando de roda

Rodeia

Rodopia

Cantiga serena

Cantilena

Poema

Floreio

Poesia


Cabaça vazia

Agora oca

Recebe festa 

Dos animais da floresta.

Em barro moldados

Na juta acomodados

Em galhos, folhas, coloridos.

A luz aquece e enfeita

Está servida a fantasia. 

De caixas e bolinhas

image

image

Caixa de papelão
Bolinha de lã,  madeira, tecido
Criança divertida
Brincadeira

Com tubos de papel, tesoura, e caixa,
alguns poucos recortes circulares para encaixe e ajustes de inclinação está feito o brinquedo simples, que reaproveita o que se tem em casa e estimula os pequenos na medida de sua criatividade. 

sacolinha de preciosidades

image image image

Coletadas as folhas, folhas na tinta, tinta no tecido. Lembranças registradas de um agradável passeio.

Do tecido fez-se costurada uma sacolinha, recheada de toquinhos de madeira devidamente lixados e cuidados para abarcarem inúmeras construções imaginadas.

Galinha da Angola

image

O filho mais novo, com menos de um ano e meio, está na deliciosa fase de aprender a falar e se encantar com os bichinhos – especialmente as “cocós”. Surgiu daí a inspiração para criar essa simpática galinha da Angola.

image

A opção foi por usar o tecido de algodão preto e pintar os detalhes (pintinhas,  bico, crista) com tinta para tecido,  para dar um visual mais orgânico. 

image

Antes mesmo de ficar pronta a cocó da Angola já desfilava pelo jardim,  fazendo o maior sucesso nas brincadeiras.  Precisou de um reforço extra no pescoço (estrutura interna) para resistir ser carregada pra lá e pra cá e topou qualquer parada,  até mesmo brincar na gangorra…