Pular para o conteúdo

Posts da categoria ‘caderninho de anotações’

Marchador

DSC07877

.

Marchador de largas patas

com o passo a galope

acolhe o menino que cavalga,

ensina paciência, equilibrio.

Merece pois, meu amigo,

um delicioso banho

e um braço molhado e refrescante.

.

aindaDSC07879 DSC07908

Anúncios

um pouco de muita cor

DSC06305 DSC06307

cahoeira de flor

DSC06944

DSC06942

Mundo nosso

DSC06056

.

Comenta o menino:

– Mamãe, o mundo está girando!

– É.

– Então você está no meu lugar e eu no seu, por que a gente girou com o mundo…

 

 

amarelo cartão

carta1

.

Delicada mãozinha corta, cola, inventa movimentos

desenhando com a tesoura.

Mãozinha inventiva, acolhe os pedaços de papel

escolhendo estrelinhas e amarelas asas de anjo que

coroam o cartão de boas vindas.

.

cartao2 cartao3 cartao4 cartao5

principes e coroas

DSC06915

.

Final de ano, época propícia para reorganizar gavetas, rever prioridades, separar roupas para doar e… revisitar frases preciosas proferidas pelo filho quando era mais novo, por que ternura e humor é um alimento sempre vem vindo em qualquer época.

Eis que em uma dessas “expedições” ao fundo da gaveta, deparei-me com preciosidades e boas lembranças:

– Eu “tô” de coroa, eu sou o que?

– Um príncipe.

– E a princesa tá onde? Na barriga do rei?

lousa improvisada

Aproveitando uma bela fase inspirada pela idéia de “menos é mais” (menos esforço, mais tempo para lazer; menos consumo, mais qualidade no que se consome; menos preocupação, bom humor de sobra) descubro, após uma tarde de organização de armários, uma pequena surpresa… Eis que surge um rolo de um material impermeável que estava completamente esquecido desde a época da reforma da casa, e que aparentemente não obteve uso melhor. Perfeito.

Foi só acrescentar a esta receita giz colorido e um menino com vontade de desenhar, ambos disponíveis aqui em casa, e a festa da tarde estava pronta. Metros de lousa e de brincadeira que divertiram mãe e filho… No dia seguinte a “versão II” foi oferecer o giz para ele poder colorir como bem entendesse o porcelanato da área externa. E viva o simples!

.

DSCN2065 DSCN2054 DSCN2053 DSCN2051 DSCN2050 DSCN2042 DSCN2036

as cores de sua poesia

fol 235

.

Acordou inspirado o menino, banhado em poesia de variados matizes.

Logo ao café da manhã, pediu uma coisa cor de lua. Branca. Ou cor de noite. Escura.

Seguiu-se o dia e chegou a vez de descrever um objeto transparente. Saiu-se com essa:

– era uma coisa cor de ar…

.

E assim a criança respira a vida com um colorido especial…

.

inspiração

DSC06448 DSC06446 DSC06447

– Mamãe, qual música que eu mastiguei?

solar

relembrancias de um “camino”

compostela 216

Camino de Santiago

.

Caminho para si mesmo

Caminho de volta ao umbigo

Caminho para fora do umbigo

Caminho para o auto conhecimento

Caminho para o conhecimento do outro

Caminho para a compreensão do outro

Caminho em espiral

para o centro de tudo.

Há início?

Há fim?

.

Para onde caminha?

Quem caminha por mim?

Quantos passos para chegar a mim mesmo?

Passos tantos

passos muitos

movimento

Pés que carimbam o chão

Bastões que carimbam pedras

Olhos que registram detalhes

Comer

Dormir

carimbos na credencial

Stamp collectors?

Caminhar

Dor

Não dor

Experimentação

Experiência

Gratidão