Pular para o conteúdo

um colar de contas para mamãe

Para minha mãe eu queria um colar de contas

as mais bonitas que eu já vivi,

repleta de memórias belas e nobres

com o frescor e a inspiração

daquilo que o coração acalenta

e  a alma apraz,

como a poesia frágil de uma flor desabrochando

ou o colorido imperativo de um campo florido

a delicia vivida de uma fruta madura colhida no pé

o encantamento especial do primeiro desenho da criança

a alegria satisfeita de uma pessoa dançando com vontade

a dança da voz ao se fazer cantar

o farfalhar das arvores ao ouvir a cantoria dos pássaros pela manhã

uma cena cotidiana que enternece

o olhar que percebe o belo

o elogio no momento preciso

o saber ouvir generoso de quem percebe o outro…

Preencheria eu com estas contas

um comprido imenso colar,

como se fossem contas de um rosário em prece

oferecendo as orações diárias de um existir

.

DSC06878

Anúncios
Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s