Pular para o conteúdo

minhas meninices – vide verso

na sequência dos sentidos

os registros visuais fazem seu percurso

e a vista que vislumbra o colorido grafite nos muros

busca nos recantos da memória a lembrança de Sampa

e os passeios pelo parque Ibirapuera

o início de tudo

os primeiros amigos

a construção do sobrado com seus tesouros de areia e brita

mangueiras cheias d´água em dias ensolarados

as chuvas  inesperadas

que em seus rompantes molhavam camisetas, sorrisos e bicicletas

(permanecendo todos orgulhosamente invictos)

as portentosas esculturas a céu aberto

as feiras de troca de brinquedos

a incrível gincana na escola

o irmão mais novo que nasceu e encheu o mundo de bençãos e o colo de carinho

o laguinho com girinos

as bucólicas vilas italianas

os primeiros livros de origami

o tamanho das árvores no parque Thrianon

a primeira visita a Bienal de artes

pessoas de todos os tipos e mesclas

uma avó cozinheira de mão cheia e um avô repleto de risadas acaloradas

as elegantes mãos de minha mãe fazendo batik

um pai muito engraçado

crianças passeando pelo quarteirão tocando tambor no dia da bandeira

o jardineiro mágico do jardim secreto da praça, povoado de fantasias e passarinhos

os finais de semana na praia

um cão feliz chamado Pablito

Anúncios
Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s