Pular para o conteúdo

Balé alimentar

.

Qual é a boca que come?

Qual é a boca que tem fome?

A boca do olhar,

a do bem estar,

a boca do bem sentir,

do digerir,

do bem amar.

A boca da alma,

a do prazer,

a boca do ser.

A boca do servir,

a de deglutir,

de mastigar.

A boca de engolir,

de simular,

a de falar.

A boca impulsiva,

a seletiva,

a boca gourmet.

A boca da sensibilidade,

a da criatividade,

a boca da milimétrica medida,

a boca desmedida,

a boca passional,

cirscunstancial,

emotiva.

Comer em harmonia

saboreando cada pedaço,

permitindo espaço para respirar,

para perceber as sutilezas do alimento

cuidadosamente escolhido,

abençoado e preparado.

Eis a melodia de

meu alimento-poesia,

dança sagrada onde o mundo

se traduz em meu próprio corpo.

A cada movimento,

mastigo o mundo.

Transformo o alimento em mim mesmo.

Reinvento, a ele e a mim.

A energia da vida

rodopia em minhas moléculas.

Alimentar-se de maneira consciente.

Precioso gesto

de auto-apreciação.

Como bailamos,

somos,

e como somos,

vivemos.

Anúncios
2 Comentários Comente
  1. Nivea Braga #

    Alimento virtual também nutre a alma. Beijos.

    novembro 15, 2011
    • E o carinho dos amigos queridos aquece os dias. Grata por nossa existência. Beijocas

      novembro 15, 2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s