Pular para o conteúdo

Balé alimentar

.

Qual é a boca que come?

Qual é a boca que tem fome?

A boca do olhar,

a do bem estar,

a boca do bem sentir,

do digerir,

do bem amar.

A boca da alma,

a do prazer,

a boca do ser.

A boca do servir,

a de deglutir,

de mastigar.

A boca de engolir,

de simular,

a de falar.

A boca impulsiva,

a seletiva,

a boca gourmet.

A boca da sensibilidade,

a da criatividade,

a boca da milimétrica medida,

a boca desmedida,

a boca passional,

cirscunstancial,

emotiva.

Comer em harmonia

saboreando cada pedaço,

permitindo espaço para respirar,

para perceber as sutilezas do alimento

cuidadosamente escolhido,

abençoado e preparado.

Eis a melodia de

meu alimento-poesia,

dança sagrada onde o mundo

se traduz em meu próprio corpo.

A cada movimento,

mastigo o mundo.

Transformo o alimento em mim mesmo.

Reinvento, a ele e a mim.

A energia da vida

rodopia em minhas moléculas.

Alimentar-se de maneira consciente.

Precioso gesto

de auto-apreciação.

Como bailamos,

somos,

e como somos,

vivemos.

Anúncios
2 Comentários Comente
  1. Nivea Braga #

    Alimento virtual também nutre a alma. Beijos.

    15/11/2011
    • E o carinho dos amigos queridos aquece os dias. Grata por nossa existência. Beijocas

      15/11/2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s