Pular para o conteúdo

sorteio no TsuruHaus – livro das perguntas

.

Para  concluir com poesia

a narrativa de nossa viagem chilena,

um singelo sorteio

de um livro muito querido:

O Livro das Perguntas, de Pablo Neruda

(bem acompanhado por um marcador de livros artesanal)

.

.

.

Para participar

envie um comentário

escrevendo sobre algo que lhe inspira,

seja um sorriso de nuvem no céu

ou um filho de 3 anos a perguntar:

“- Mamãe, pernilongo faz xixí?”

.

.

.

.

.

*os comentários poderão ser postados até o dia 7 de novembro.

Anúncios
5 Comentários Comente
  1. josenilde ribeiro #

    …O que me inspira, são os olhares pensativos do meu caçula Lyel, em seu mundo autista, no qual aos poucos e com cautela tem me permitido invadir, compartilhar, sorrisos e lágrimas quando chegamos a uma conclusão dançando juntos, mesmo que em ritmos diferentes. Os olhares da Lavine, muito mais que feminina, no seu olhar de :” eu gosto do que vejo no meu espelho”, apenas seis anos, contudo, não olhares maliciosos, pois suas músicas, cantigas, bonecas e até mesmo falar que vai soltar pum pra gente sair correndo, vive precisamente a sua idade, num projeto futuro de uma bela mulher.Os olhares do meu Patrick, adolescente, na incerteza se compartilha ou descobre por si só, a construção do homem, não homem edifício, mas homem, cidade, fortaleza, muralhas e pontes, sem calaboço, mas oportunidades!!!. O que me inspira é saber que um dia desses me vi, dando o que nunca recebi e foi pra lá de bom…by JÔ

    outubro 27, 2011
  2. Nivea Braga #

    Minha inspiração maior, atualmente, é começar o dia de um jeito quase sempre igual e absolutamente delicioso. Abro a porta do quarto e ele está lá, de pé, no berço, segurando as grades, sacudindo-se, dizendo uma infinidade de primeiras palavrinhas misturadas, que se não profundamente decifráveis, revelam uma alegria profunda em descobrir mais um novo dia de brincadeiras. Hoje, ao me ver com um pijama de bichinhos, logo pediu colo e começou a apontar. “Esse, esse, esse.”

    Nívea Braga

    outubro 27, 2011
  3. Carol #

    São inspiradoras as descobertas sobre minhas emoções e sentimentos, sobre a Vida e seus mistérios, sobre quais pensamentos e padrões me fizeram chegar exatamente onde estou (física, mental e espiritualmente).

    Me inspira tanto que cada descoberta vira monólogo, post de blog, mandala bem colorida, sorriso com o fígado, post no mural do Facebook, foto nova no Pinterest, banho demorado em meio a cheiros deliciosos, tweet, plano de viagem. Me inspira ainda a acompanhar blogs como este, a ler Neruda, e a escrever tudo isso nesta caixa de comentários do Tsuru Haus!

    novembro 1, 2011

Trackbacks & Pingbacks

  1. parabéns meu filho! « Tsuru Haus
  2. uma tetéia… « Tsuru Haus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s