Pular para o conteúdo

a poética das pequenas coisas diminutas

 

.

.

.

Ao sair da escola, com uma pequena folha nas mãos:

– É presente.

(Com um sorriso, me entrega as folhas)

– Presente? Você ganhou de quem?

– Da árvore.

.

.

.

* 2 anos e 9 meses cursando “filosofia da existência das coisas diminutas”…

Anúncios
Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s