Pular para o conteúdo

Péto

Já no primeiro abraço,

ao receber o neném nos braços,

o inesperado: um jato.

Surpresa! Bexiga de recém

nascido também esvazia.

E com as descobertas, mais e mais

a cada dia, menina-neném crescia

e um novo papai nascia.

No aprender de ambos, dúvida e apoio.

A lição fundamental de que sempre é

possível, desimportando o tamanho do desafio.

De um lado, choro. De outro, consolo:

é mole pra nós”, repetia.

Fez-se maior a criança, muito na escola

demandando. E o pai, apoio e solicitude,

pondo a prova a criatividade

nos muitos projetos mirabolantes.

Menina-moça, outros tempos,

e a indescritível candura e paciência

de aguardar um pouco mais,

sentado no carro madrugada adentro

enquanto a festa se desenrolava

só mais um pouquinho”.

A confiança, os valores, a verdade

estampada em cada atitude.

As risadas, as histórias,

ah, tanta coisa…

Pai, papai, parabéns.

Que venha sempre bem vinda

a nova experiência,

e que a vida continue

a nos instigar diariamente,

afinal… é mole pra nós…

Anúncios
um comentário Comente
  1. Beto #

    She!
    Muito bacana a sua mensagem.
    Muito legal a sua lembrança.
    Muito normal o que fazemos pelos filhos.
    Não é mamãe?
    Um beijão e muito obrigado!
    Te amo muito!!!
    Por isto que “é mole pra nós”
    Papai e agora Opa!
    Beto

    junho 14, 2010

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s