Pular para o conteúdo

dia de colheita

Subitamente, senti falta das flores.

Onde estavam?

Que segredos segredavam assim tão escondidas que eu não as adivinhava?

Onde estavam as flores nos públicos jardins, nos pacatos asilos, nas creches de pequenas e risonhas crianças?

Onde estavam elas no trato com o vizinho, na palavra gentil com o desconhecido?

Azuis carinho, vermelhos afetuosos, amarelos solidários.

Imitei-as. Gostaram.

Abri os olhos: as flores estavam por toda parte.

 

 

*você também poderá gostar de (you may also like):


Anúncios
2 Comentários Comente
  1. Um ser e um bb #

    Que liiiiindas! Acho que vou fazer um buquê desses qualquer dia… O tuturial está no blog ou é uma espécie de shetuturial? Aproveitando a carona, temos notícias muito boas… um menino está a caminho!

    janeiro 25, 2010
    • meninos ou meninas são uma benção. Seja bem vindo! Maravilhosa vida o aguarda fora da barriga. E o tutorial está no post seguinte (um shetuturial – tutu?), o do girassol, em pdf. Para as flores mais fechadas, basta não colocar o miolo e colar o retângulo de feltro diretamente em uma haste de madeira. beijocas, e adoramos a notícia.

      janeiro 25, 2010

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s