Pular para o conteúdo

Yuri

Da madeira, para a bisneta,

“grosspap” Kranz fez um bercinho.

Foi ele ter com os anjos,

e ela um dia teve um anjinho.

Agora, no berço tataraneto,

dorme Yuri, pequetito.

Sob verde trama

em tear de pregos tecida,

tem ele um sono tranquilo.

Yuri com carinho foi feito,

e com lã foi bem estofadinho

para receber abraço apertado

de um bem amado menininho.

 

 Então vamos logo aos brinquedos,

que o menino já fez um aninho!

Para fazer um boneco de pano no estilo Waldorf (os chamados Waldorf dolls, ou Steiner dolls), duas indicações de livro:

Making Waldorf Dolls, de Maricristin Sealey – editora Hawthorn Press (o molde do Yuri foi tirado de lá, e o modelo da cabeça foi do outro livro)

Making Dolls, de sunnhild Reinckens – editora Floris Books

Anúncios
4 Comentários Comente
  1. bbp #

    Durma bem, pequeno Yuri! E não se esqueça de velar o sono do anjinho pequenino!!

    janeiro 14, 2010
  2. Cláudia Paulino #

    Lindo !!! Adoooorei e me emocionei com o poeminha…
    É lindo saber quanto carinho cabe dentro de um bercinho !!!
    Adoooorei seu cantinho, pura delicadeza e poesia !!!
    Beijoooooocas,
    Cau

    janeiro 15, 2010
  3. Tiza Versiani #

    Ei Sheyla, tão sensível o seu blog! Compartilho com vc minha

    RECEITA DE BONECA

    Boneca boa tem cérebro. Então, comecemos por ele:
    Enrole uma meia de nylon (usada) sobre si mesma e vá formando uma bola consistente e maleável. Uma malha de algodão cortada em pequeno círculo lhe servirá de cabeça. Em torno da bola, vá colocando recheio, desses que se usa em almofadas. Pode ser lã de carneiro, que faz o recheio de bonecas nobres, ou rechaços de algodão, para aquelas mais pobrezinhas.
    Com a cabeça feita, amarre na altura da testa uma linha bem apertada, para o relevo do rosto. Escolha lã grossa e farta, e circule a cabeça com o fio, em espiral, um a um, formando o couro cabeludo – boneca boa é assim: faz imitação de menina! – Disponha os fios de lã lado a lado, e prenda com ponto atrás… Dois pontinhos para os olhos, um tracinho de linha pro nariz, um risquinho para a boca!
    O corpo é coisa de menos pra quem já fez a cabeça! Com 4 tiras de pano, duas maiores e duas menores, costure nas laterais e recheie novamente: como salsichas se faz um corpo igual ao da gente! O tronco é um cilindro. Prenda os braços e pernas e terá a aparência de um frango de domingo! Recheie bem recheado o corpinho da boneca. No meio do peito, faça uma bolinha com panos de lembranças, e ponha quaisquer coisinhas de algum significado. Está pronto o coração, no meio do corpo plantado!
    Agora, volte à cabeça: ponto colchão, prá lá e pra cá prendendo ao pescoço. Cuidado pra não ficar mole, nem dura demais que não mexa! E pronto! Nasceu a boneca!
    No seu cesto de retalhos procure paninhos floridos e corte um vestidozinho que seja alegre e singelo! Costure com ponto invisível e salpique rosinhas de crochê e botões. Faça botinhas de feltro e calce os pés da boneca. Num cantinho de almofadas deixe que ela repouse.
    Depois da boneca feita, convide algumas amigas pra festa do batizado. Dê-lhe um nome bem bonito, e sirva suco de uva com um bolo confeitado!

    janeiro 21, 2010

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s