Pular para o conteúdo

E temos férias… 

Astronauta

“Rememorâncias” poéticas 

No momento de preparo para a chegada do irmão, relembrava algumas preciosas perguntas de meu filho quando ele estava com 3 anos ao saber que dentro de uma barriga de gestante havia um pequeno bebê:

– tem uma cadeirinha lá dentro?

….

– eles (os bebês) comem o pão?

– eles comem com colher?

– não, tudo com os bebês é de um jeito especial.

– aí eles contam como é, né?

Muito amor… 

Luminária na cabaça

Brincando de roda

Rodeia

Rodopia

Cantiga serena

Cantilena

Poema

Floreio

Poesia


Cabaça vazia

Agora oca

Recebe festa 

Dos animais da floresta.

Em barro moldados

Na juta acomodados

Em galhos, folhas, coloridos.

A luz aquece e enfeita

Está servida a fantasia. 

Lanchinho de férias

Feliz Páscoa

image

image

Inspiração colhida cá e acolá
Rendeu novos aprendizados e
Floresceu em doces detalhes de Páscoa

image

image

image

image

image

image

image

Que o sentido de renovação e transformação brinde a todos com a constante lembrança de que cada respiração é uma oportunidade de recomeço.  Boa Páscoa!

De caixas e bolinhas

image

image

Caixa de papelão
Bolinha de lã,  madeira, tecido
Criança divertida
Brincadeira

Com tubos de papel, tesoura, e caixa,
alguns poucos recortes circulares para encaixe e ajustes de inclinação está feito o brinquedo simples, que reaproveita o que se tem em casa e estimula os pequenos na medida de sua criatividade. 

Dupla delicadeza

image

image

image

image

image

A poética das coisas simples, corriqueiras e intrinsecamente felizes
reina entre sopinhas de sementes e música de bate lata,
pequenos regadores repletos de água e areia e a tentativa charmosa das primeiras palavras.
A primeira infância baila em casa
ao ritmo do filho caçula,
acompanhada pela percussão perspicaz do filho mais velho.
Dois irmãos,  novas sinfonias…
Amo vocês